Uma alimentação desequilibrada pode reduzir a produtividade, a concentração e a disposição dos funcionários, afetando os resultados da empresa.

alimentacao-colaboradores Gestão empresarial: saiba como a alimentação influencia o desempenho de colaboradores
milodmitry/Freepik

Uma pesquisa realizada pela Reclaim.ai revela que somente 12% dos trabalhadores conseguem manter a produtividade por mais de seis horas de expediente. Entre as causas para o problema estão as distrações, a rotina estressante e o excesso de atividades. Em alguns casos, o baixo rendimento no trabalho pode estar associado à saúde física e mental dos colaboradores, que pode ser agravada devido a uma alimentação inadequada.

De acordo com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), refeições pobres em nutrientes podem reduzir em até 20% a produtividade e a eficiência dos funcionários. Segundo o Ministério da Saúde, uma alimentação equilibrada tem papel essencial para garantir a qualidade de vida e energia para realizar as tarefas. Por conta disso, muitas empresas veem vantagem em oferecer apoio aos seus colaboradores através do benefício cartão-refeição.

No ambiente de trabalho, esse aspecto também está ligado à satisfação dos funcionários, visto que uma má alimentação pode causar insônia, falta de concentração, diminuir o rendimento cognitivo e gerar baixa disposição. Nesse sentido, o entendimento sobre as condições para manter o bem-estar no serviço vão além do salário e questões internas da empresa, atentando-se às necessidades individuais dos empregados.

Veja também:  Uma análise abrangente da Onebra no Brasil

Qual a importância de garantir uma alimentação adequada aos funcionários?

A garantia a uma alimentação equilibrada pode evitar o desenvolvimento de doenças que oferecem risco à saúde do empregado. Uma queixa comum de pessoas que enfrentam longas jornadas de trabalho é a falta de tempo para preparar refeições nutritivas, o que, frequentemente, leva ao consumo de produtos industrializados mais acessíveis.

De acordo com o Ministério da Saúde, o consumo excessivo de alimentos ricos em sódio, açúcares e gorduras é um dos fatores que levam à obesidade, hipertensão, diabete e outros problemas. Sendo assim, a garantia da alimentação de qualidade contribui para segurança alimentar dos funcionários, e, consequentemente, reflete no seu desempenho no trabalho.

De acordo com o membro do Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT), Roberto Baungartner, dados apontam que o incentivo à boa alimentação dos empregados pode influenciar na redução dos acidentes de trabalho.

“É fundamental que o trabalhador esteja bem alimentado para evitar acidentes. A segurança não está ligada somente a EPI (equipamento de proteção individual) e EPC (equipamento de proteção coletivo), também é preciso ter alimentação saudável”, afirma em entrevista à imprensa.

Mais satisfeitos com as condições de trabalho, os colaboradores tendem a demonstrar maior dedicação no cargo. A oferta de benefícios de alimentação também favorece a manutenção de clima organizacional positivo, o engajamento com a cultura da empresa e a conquista de melhores resultados.

Veja também:  O que é Packet standard?

Benefícios de uma dieta balanceada

O consumo de alimentos saudáveis proporciona diversos benefícios ao corpo e à mente. Em relação ao trabalho, é possível observar ganhos na produtividade e melhora do desempenho dos funcionários.

Aumenta a disposição

Os alimentos são o combustível do corpo. Comer de forma adequada garante um bom funcionamento do organismo, gerando energia. Por outro lado, quem costuma se alimentar em grande quantidade ou alimentos gordurosos pode apresentar digestão lenta, comprometendo as atividades metabólicas, o que resulta no cansaço e falta de disposição.

Melhoria do humor

Diversos estudos comprovam a influência que os hábitos alimentares desempenham no estado emocional das pessoas. Uma dieta saudável, por exemplo, ajuda na liberação de hormônios ligados à sensação de bem-estar e felicidade.

Dessa forma, uma má alimentação pode levar o funcionário a apresentar insatisfação, irritabilidade, estresse, ansiedade e outros distúrbios.

Fortalecimento da imunidade

Uma alimentação balanceada fornece ao organismo uma série de nutrientes que ajudam o corpo a manter o sistema imunológico ativo. Dessa forma, ocorre o processo anti-inflamatório natural do organismo, aumentando a resistência a infecções e outros tipos de doenças.

Melhora do sistema cardiovascular

A alimentação é fator indispensável para manter o bom funcionamento do sistema cardiovascular. Geralmente, o excesso de consumo de produtos ricos em gorduras provoca o aumento do colesterol, dificultando a circulação do sangue e aumentando as chances de infartos e AVC.

Veja também:  10 Maiores Youtubers do Brasil em 2024

A maioria dos médicos orienta a mudança de estilo de vida como solução para tratar as doenças cardiovasculares.

Maior qualidade de vida

Os benefícios que uma nutrição saudável traz ao corpo influenciam diretamente na qualidade de vida do indivíduo. Com o organismo funcionando corretamente, diversos problemas podem ser evitados como pressão alta, diabetes e outras doenças. Além disso, uma alimentação rica em fibras melhora a saúde digestiva, contribuindo para a sensação de bem-estar.