Com o mercado de franquias cada vez mais em alta, muitas pessoas têm interesse em abrir uma franquia do McDonald’s, uma das marcas mais famosas do mundo.

No entanto, é importante saber que esse tipo de investimento requer um bom capital inicial, e é preciso estar preparado financeiramente para assumir esse compromisso.

Mas afinal, qual é o valor atualizado para abrir uma franquia do McDonald’s em 2024? Neste texto, vamos abordar os principais pontos sobre o investimento em uma franquia do McDonald’s, os custos envolvidos e as expectativas de retorno desse empreendimento.

Se você tem interesse em se tornar um franqueado do McDonald’s, continue lendo e descubra tudo o que precisa saber para começar a investir nesse negócio promissor.

Valor de uma franquia do McDonald’s

O McDonald’s é uma das maiores e mais reconhecidas redes de fast food do mundo, com mais de 37 mil lojas em 119 países. No Brasil, a rede ocupa a terceira posição em número de franquias, ficando atrás apenas da Cacau Show e O Boticário.

Mas, para se tornar um franqueado do McDonald’s, é preciso ter um investimento inicial significativo: R$ 2.800.000,00, além da taxa de franquia no valor de R$ 150.000,00.

Veja também:  Qual o horário de atendimento das agências da CAIXA: Saiba se abre hoje ou amanhã Brasil

qual-o-valor-para-abrir-uma-franquia-do-mcdonalds Qual o valor para abrir uma franquia do McDonald's em 2024?

Além desses valores, o franqueado também precisa arcar com a taxa de publicidade, que equivale a 4,3% do faturamento, e com o pagamento de royalties no valor de 5% sobre o faturamento.

Porém, em contrapartida, o franqueado tem acesso a um modelo de negócio bem estabelecido, suporte de uma marca reconhecida mundialmente e treinamento especializado, o que pode aumentar as chances de sucesso do negócio.

Vale lembrar que o processo seletivo para se tornar um franqueado do McDonald’s é bastante rigoroso, com várias etapas de avaliação, incluindo análise financeira e entrevistas presenciais.

McDonald’s no Brasil

A Arcos Dorados é uma das maiores redes de franquias de alimentação rápida em todo o mundo, detendo os direitos exclusivos de possuir, operar e conceder a marca McDonald’s em diversos países e territórios da América Latina e Caribe.

Atualmente, a rede possui mais de 2.200 restaurantes em toda a região, entre unidades próprias e subfranqueadas, além de centenas de McCafés e desert centers, empregando mais de 100 mil funcionários.

No Brasil, a rede conta com mais de 1.020 restaurantes, mais de 75 McCafés e mais de 2.010 desert centers, proporcionando emprego para mais de 50 mil pessoas.

Com uma presença tão marcante no mercado, muitos empreendedores se perguntam sobre os custos envolvidos em abrir uma franquia do McDonald’s. Saiba mais sobre o investimento necessário para se tornar um franqueado da rede na seção seguinte.

Veja também:  Babá preço em 2024: Saiba qual valor cobrar

Como abrir uma franquia do McDonald’s?

qual-valor-para-abrir-uma-franquia-do-mcdonalds Qual o valor para abrir uma franquia do McDonald's em 2024?

Para se tornar um franqueado do McDonald’s no Brasil, é necessário passar por um processo estruturado, que envolve uma franquia de desenvolvimento de área.

Nesse modelo, uma sede é responsável por todas as franquias da região em que está localizada, sendo que a sede da franqueadora no Brasil fica em São Paulo, e a autorização para abrir uma franquia acontece na sede da Arcos Dorados no Uruguai.

O primeiro passo para se tornar um franqueado é entrar em contato com a Arcos Dorados e demonstrar interesse. Depois, o candidato é avaliado quanto ao seu comportamento diante das tarefas de gestor e como lida com a equipe, e também pode conhecer como é o relacionamento da franqueadora com os franqueados.

O próximo passo é apresentar para a marca que possui condições de manter o negócio financeiramente e receber a Circular de Oferta de Franquia (COF), que contém todas as informações sobre a franquia.

É essencial ter um bom planejamento financeiro para obter sucesso na franquia. Após dez dias do recebimento da COF, o candidato precisa enviar a proposta para o McDonald’s com o valor da taxa de franquia e capital de giro.

Se aprovado em todas as etapas, o candidato deve passar por nove meses de treinamento presencial, que incluem cursos e atividades práticas para que ele conheça a cultura da marca e receba o know-how necessário para gerir uma franquia do McDonald’s.

Veja também:  Show do Green Day no Brasil 2024: Data, Ingressos e Locais

Vale destacar que os custos do treinamento são arcados pelo empresário. Depois de concluir o treinamento, o candidato deve informar a localidade em que deseja abrir a franquia, e a franqueadora analisa o número de habitantes da região e faz um comparativo com a quantidade de restaurantes já existentes.

É importante lembrar que são poucas as cidades com menos de 100 mil habitantes que contam com um restaurante do McDonald’s.

Além disso, não existe um número máximo de restaurantes, mas outros critérios são considerados para as cidades que já possuem uma unidade. Por fim, o candidato deve enviar um currículo sobre sua vida e demonstrar que está preparado para gerir uma franquia do McDonald’s.

Caso aprovado em todas as etapas, ele é convidado a passar três dias acompanhando um dos restaurantes da rede antes de finalmente ser autorizado a abrir sua própria franquia.

Portanto, o processo de se tornar um franqueado do McDonald’s no Brasil é bastante rigoroso, mas pode trazer benefícios e reconhecimento para os empresários que conseguem ter sucesso na gestão da franquia.