Hoje vamos te contar tudo sobre a lista de ferramentas para eletricista, explorando as peças essenciais que todo profissional da área deve ter em seu kit.

Isso porque, seja você um eletricista experiente ou alguém começando na profissão e que pretende fazer um curso de eletricista, saber quais ferramentas são indispensáveis pode fazer toda a diferença na qualidade e segurança do seu trabalho.

ferramentas-eletricista Lista de Ferramentas para Eletricista - Conheça as principais

Por isso, neste conteúdo, vamos discutir desde os itens básicos até aqueles mais específicos, dando dicas e compartilhando conhecimentos para que você esteja sempre bem equipado.

Você está preparado para conhecer as ferramentas que não só facilitam o dia a dia do eletricista, mas também garantem a execução eficiente e segura de cada tarefa.

Vamos lá!

Lista de Ferramentas para Eletricista

Chave de fenda

Para começar, é fundamental que todo eletricista possua em seu kit de ferramentas, pelo menos duas chaves de fenda. Sendo assim, uma delas deve ser de tamanho reduzido, ideal para apertar parafusos em terminais e interruptores.

Enquanto a outra, maior, é perfeita para garantir a fixação eficiente dos interruptores nas instalações elétricas. Ou seja, estas chaves de fenda são peças-chave no conjunto de ferramentas do eletricista, pois desempenham um papel crucial em diversas tarefas do dia a dia profissional.

Além disso, é importante mencionar que a qualidade e a resistência destas ferramentas impactam diretamente na segurança e na eficiência do trabalho realizado, sendo assim, investir em bons equipamentos não é apenas uma questão de praticidade, mas também de segurança.

Chave philips

É comum encontrar, durante o trabalho com diferentes aparelhos, parafusos do tipo Philips, que se caracterizam por seu formato específico e não podem ser removidos com uma chave de fenda convencional.

Assim, é essencial que a lista de ferramentas para eletricista incluam pelo menos uma chave Philips. Este tipo de chave é indispensável para lidar com esses parafusos, que são frequentes em diversos equipamentos.

Além disso, é recomendável que o profissional tenha em seu kit mais de uma chave Philips, de diferentes tamanhos, pois os parafusos encontrados podem variar consideravelmente em dimensão.

Desse modo, ter uma variedade dessas chaves não só facilita o trabalho do dia a dia, mas também garante que o eletricista esteja sempre preparado para qualquer situação que exija a remoção ou aperto dos parafusos específicos.

Veja também:  Como Baixar a Pressão em 10 Minutos?

Alicate de corte lateral

Para o eletricista, um item que não pode faltar em seu conjunto de ferramentas é o alicate de corte lateral. Esta ferramenta, geralmente compacta e com cabo revestido em borracha, é essencial para cortar fios com precisão e segurança.

Mas não é só para isso que serve, o alicate de corte lateral tem múltiplas funções no dia a dia do profissional. Ele pode ser utilizado, por exemplo, para desencapar os fios, ajustar componentes pequenos e até mesmo para segurar objetos de forma firme enquanto se trabalha em outras partes da instalação elétrica.

Sua versatilidade o torna um item indispensável no kit de ferramentas do eletricista, ajudando a realizar tarefas de maneira mais eficiente e segura.

Alicate de ponta fina

Este desempenha um papel crucial no conjunto de equipamentos do eletricista, sendo especialmente útil para dobrar ou tracionar as extremidades dos fios durante as conexões elétricas.

Além disso, ela se mostra bastante eficaz para manter partes de componentes fixos em posições específicas.

Sendo assim, a funcionalidade e a praticidade dessa ferramenta facilitam significativamente o trabalho do eletricista, permitindo que ele manipule os fios e componentes com maior precisão e segurança, contribuindo para a qualidade e eficiência do serviço realizado.

Alicate de eletricista

O alicate de eletricista é uma ferramenta indispensável no arsenal de um profissional da área elétrica. Essa ferramenta manual é extremamente versátil, sendo ideal para prender, cortar e dobrar condutores e arames.

Portanto, com recursos adicionais como furos para encaixe, corte e descascamento de fios, o alicate de eletricista é um verdadeiro multifuncional no dia a dia do trabalho.

Descascador de fios

Já o descascador de fios é outra ferramenta essencial, dedicada especificamente ao descascamento de fios elétricos. Desse modo, este dispositivo portátil é projetado para remover com eficiência o isolamento elétrico dos fios.

Ao utilizar o descascador, uma das partes da ferramenta pressiona o cabo enquanto a outra faz o corte e puxa o revestimento, facilitando o processo de desencapar o fio com precisão e segurança. Esse processo simplifica a preparação dos fios para conexões, garantindo uma instalação elétrica mais ágil e eficaz.

Lâmina ou canivete

No kit de ferramentas do eletricista, a lâmina ou canivete se mostra como um instrumento versátil para diversas funções.

Sendo assim, essas ferramentas de corte são fundamentais para tarefas como raspar pontos de conexão oxidados, remover resíduos ou até mesmo cortar elementos não metálicos, demonstrando sua utilidade em diferentes situações do dia a dia.

Veja também:  WhatsApp não envia áudio: o que fazer?

Lima

Outro item importante é a lima, uma ferramenta de aço disponível em diversas formas. Assim, sua superfície é coberta por pequenos dentes que, ao entrar em contato com materiais como madeira ou ferro, permitem desgastá-los por atrito.

Sendo assim, essencial em diversas atividades, a lima é especialmente útil na remoção de oxidação em partes metálicas. Para maior versatilidade, é aconselhável que o eletricista tenha limas de diferentes tamanhos em seu conjunto de ferramentas.

Cinzel

Por fim, o cinzel é um instrumento de corte manual indispensável. Com uma lâmina de metal em uma extremidade e um cabo de madeira reforçado na outra, que muitas vezes conta com anéis de aço para proteção contra impactos, geralmente causados pelo uso de um martelo.

Portanto, este instrumento é particularmente útil em serviços elétricos para remover peças presas ou cortar peças mais maleáveis, mostrando sua relevância no arsenal de ferramentas do eletricista.

Martelo

Dentro do conjunto de ferramentas do eletricista, o martelo se destaca pela sua versatilidade e importância.

Sendo assim, é uma ferramenta essencial, principalmente quando é preciso fixar peças com certa pressão. Sua aplicação em diversos contextos reforça a necessidade de sempre tê-lo à mão durante o trabalho.

Furadeira

A furadeira também é uma ferramenta indispensável no trabalho do eletricista. As furadeiras elétricas acompanham diferentes jogos de brocas – específicas para metal, cimento e madeira –.

Em outras palavras, ampliam a capacidade do profissional de executar uma variedade de tarefas. Porém, em determinadas situações, uma furadeira manual pode ser uma alternativa eficaz à eletricidade.

Serra de arco

Já a serra de arco é fundamental para cortar materiais como madeira, metais e plásticos. O uso correto envolve a fixação adequada da lâmina, respeitando seu sentido, e a aplicação de pressão adequada durante o corte.

Arame ou fita de passagem

A fita de passagem é uma ferramenta crucial para manusear condutores elétricos, facilitando a alocação e a puxada dos fios em instalações.

Em casos específicos, o arame pode ser utilizado com a mesma finalidade, oferecendo uma alternativa eficiente na execução dessas tarefas. Ambos são exemplos de como ferramentas simples podem ser extremamente úteis no trabalho diário do eletricista.

Teste de tensão

No universo das ferramentas do eletricista, o teste de tensão ocupa um papel fundamental. Esta ferramenta mais avançada é utilizada para verificar a tensão nos pontos da instalação elétrica.

Ou seja, equipado com uma lâmpada neon e duas pontas de prova feitas de material condutor, o teste de tensão é conectado ao ponto de teste para realizar a medição.

Veja também:  Como fazer bolo na AirFryer?

Em situações onde essa ferramenta não está disponível, uma chave de fenda com lâmpada neon interna pode ser uma alternativa prática para verificar a presença de tensão.

Lâmpada de prova

A lâmpada de prova, por sua vez, é uma ferramenta essencial para testar eletrodomésticos que possuem motores, elementos de aquecimento e até dispositivos eletrônicos suspeitos de curtos-circuitos.

Ou seja, esta ferramenta é composta por uma lâmpada de 220 volts acoplada a um soquete com duas pontas de prova. Quando usada para medir a tensão em qualquer ponto da instalação, o brilho da lâmpada indica se a tensão é de 110V (brilho reduzido) ou 220V (brilho normal).

Teste de continuidade

O teste de continuidade é uma ferramenta prática para verificar rapidamente se um circuito está aberto ou fechado.

Desse modo, com uma ponta de prova e uma garra jacaré, essa ferramenta é especialmente útil para verificar a continuidade em circuitos, incluindo o funcionamento de interruptores, sendo uma parte crucial do equipamento de um eletricista.

Multímetro

Dentre as ferramentas do eletricista, o multímetro é um equipamento essencial que permite medir a corrente elétrica, a tensão e a resistência em circuitos elétricos.

Portanto, com ele é possível realizar diversas análises e entender os valores de corrente, tensão e resistência, elementos cruciais em qualquer trabalho elétrico.

Lanterna ou farolete

Outro item importante é a lanterna ou farolete, especialmente em situações onde a iluminação adicional é necessária.

Portanto, esses dispositivos de iluminação portáteis são fundamentais para garantir a visibilidade adequada durante os trabalhos, especialmente em locais com pouca luz.

Fita isolante

A fita isolante também tem um papel vital nas atividades do eletricista. Com suas inúmeras funções, ela é essencial para a segurança e a eficiência do trabalho elétrico.

Dessa forma, é recomendável que todo eletricista tenha pelo menos um rolo de fita isolante, que é frequentemente utilizado para isolar e proteger áreas por onde a corrente elétrica passa.

Busca Pólo

Por último, o busca-pólo é uma ferramenta simples, porém muito útil, que ajuda a identificar o pólo neutro (terra) e o pólo vivo (fase) em tomadas e instalações elétricas de baixa tensão (110 V ou 220 V).

Sendo assim, quando encostado no pólo vivo, a lâmpada neon do busca-pólo se acende, enquanto que no pólo neutro, a luz permanece apagada. Esta ferramenta é fundamental para garantir a segurança e a correta realização de trabalhos elétricos. Saiba mais no site da Engehall.