PIOLHO: Como Evitar Piolhos e Lêndeas Fácil e Rápido

piolho de cabelo

PIOLHO – Sintomas, Transmissão e Tratamento.

# Logo Abaixo você Tira Suas Dúvidas tais como:

– Uso de Escabin na Gravidez e Amamentação Prejudica o Bebê?

Remédio para Piolho na Gravidez Prejudica a Amamentação?

– Piolho Pega de Caspa ou de Sujeiras?

– Adulto Pega Piolho?

– Você sabe quais Cuidados Exigem ao Matar Piolhos?

– Infestação de Piolhos deve ser Tratada como Doença?

– Como Acabar com Piolhos e Lêndeas de Maneira Natural?

– Como Eliminar Piolhos de modo Rápido e Prático?

– Como Matar Piolho com Coca Cola?

– Vinagre de Maçã Mata Piolho Verdade ou mito?

– Conheça Todas as Causas Comuns para Coceira no Couro Cabeludo.

→ PARE AGORA! O que Você Precisa?

→ Abaixo Você Encontra as Informações Simples e Fáceis de Colocar em Prática O Momento é Esse Escolha uma

 

 

Piolho é um parasita que vive entre os cabelos humanos e se alimenta de pequenas quantidades de sangue extraídas do couro cabeludo.

Os piolhos (o plural de piolho) são um problema muito comum, especialmente para as crianças.

Eles são contagiosos, irritantes e às vezes difíceis de se livrar.

Mesmo eles sendo frustrantes de se lidar, os piolhos não são perigosos.

Eles não espalham a doença, embora suas mordidas possam fazer o couro cabeludo de uma criança ficar com comichão e irritação, e conforme coça pode levar à infecção.

É melhor tratar rapidamente os piolhos uma vez que eles são encontrados porque podem se espalhar facilmente de pessoa para pessoa.

→ PRINCIPAIS DICAS FINAL DO ARTIGO

Quer ver depoimentos e dicas sobre Piolho

Deixe seu comentário no vídeo abaixo!

Trabalhamos com amor e dentro do possível seu comentário será respondido!

Este conteúdo não substitui uma consulta medica!

#dietablogbr

(VÍDEO) → Remédios Caseiros ? 17 Maneiras Fáceis de Matar Piolho

 

Como saber se tem piolho?

Embora sejam muito pequenos, os piolhos podem ser vistos a olho nu.

Aqui estão as coisas para saber se tem piolho:

 

1 – Ovo de piolhos (chamado nits)

Eles parecem pequenos pontos amarelos, bronzeados ou castanhos antes de virarem piolho.

Os piolhos colocam lêndeas nos eixos do cabelo perto do couro cabeludo, onde a temperatura é perfeita para se manter quente até chocar.

Nits (lêndeas) parecem como caspa, só que eles não podem ser removidos quando escova ou sacode o cabelo.

A menos que a infestação seja pesada, é mais comum ver lêndeas no cabelo de uma criança do que ver os piolhos vivos rastejando no couro cabeludo. Os ovos chocam dentro de 1 a 2 semanas depois de serem colocados.

Após chocarem, a casca do ovo restante parece branca ou clara e permanece firmemente presa ao eixo do cabelo.

É quando é mais fácil encontrá-los, já que o cabelo está crescendo e a casca do ovo está se afastando do couro cabeludo.

 

2- Diferenciar o piolho novo e adulto.

O piolho adulto não é maior do que uma semente de gergelim e é branco-acinzentado ou bronzeado.

Os piolhos mais novos são menores e se tornam piolhos adultos cerca de 1 a 2 semanas após a incubação.

Se os piolhos não forem tratados, este processo se repete a cada 3 semanas. A maioria dos piolhos se alimenta de sangue várias vezes ao dia, e eles podem sobreviver até 2 dias fora do couro cabeludo.

 

3- Sentir picadas.

Ter picadas de piolhos, comichão e coceira acontece devido a uma reação à saliva dos piolhos.

No entanto, a coceira nem sempre pode começar de imediato – isso depende de quão sensível é a pele de uma criança aos piolhos.

Às vezes, pode levar semanas para crianças com piolhos começar a coçar.

Eles podem reclamar de coisas que se movem ou fazem cócegas na cabeça deles.

 

4- Pequenas marcas vermelhas ou feridas de arranhões.

Para algumas crianças, a irritação é leve; Para outros, pode ser um incômodo muito grande.

A coceira excessiva pode levar a uma infecção bacteriana (isso pode causar glândulas linfáticas inchadas e pele vermelha e pode ter crostas).

Se o seu médico pensa que este é o caso, ele ou ela pode tratar a infecção com um antibiótico oral.

 

5- Olhar o couro cabeludo com frequência

Você pode ver os piolhos ou lêndeas separando os cabelos do seu filho em pequenas seções e verificando se tem piolhos e nits (lêndeas) com um pente fino no couro cabeludo,.

Atrás das orelhas e ao redor da nuca (é raro eles serem encontrados em cílios ou sobrancelhas, mas pode acontecer).

 

6- Use uma lupa e uma luz brilhante.

Mas pode ser difícil encontrar um piolho novo ou adulto – muitas vezes, não há muitos deles e eles se moverem rapidamente.

 

7- Consulte um médico se necessário

Consulte o seu médico se o seu filho está constantemente a coçar a cabeça ou se queixa de um couro cabeludo com coceira que não vai embora.

O médico deve poder dizer-lhe se o seu filho está infestado de piolhos e precisa ser tratado.

Nem todas as crianças têm sintomas clássicos de piolhos.

Certifique-se também de verificar com a enfermeira da escola ou o diretor do centro de assistência infantil para ver se outras crianças foram recentemente tratadas por piolhos.

Se você descobrir que seu filho, na verdade, tem piolhos ou nits (lêndeas), entre em contato com a equipe da escola e do centro de assistência infantil para informá-los.

Descubra qual é a política de retorno. A maioria geralmente permite que as crianças retornem depois que um tratamento tópico foi completado.

 

Os piolhos são contagiosos?

Os piolhos são altamente contagiosos e podem se espalhar rapidamente de pessoa para pessoa, especialmente em ambientes de grupo (como escolas, creches, festa do pijama, atividades esportivas e acampamentos).

Embora eles não possam voar ou pular, esses pequenos parasitas possuem garras especialmente adaptadas que os deixam caçar e se agarrar firmemente aos cabelos.

Eles se espalham principalmente através do contato de cabeça, mas compartilhar roupas, roupas de cama, pentes, escovas e chapéus também podem passá-los.

As crianças são mais propensas a pegar piolhos porque tendem a ter um contato físico próximo e compartilhar itens pessoais com outras pessoas.

E você pode se perguntar se os animais da casa podem estar pegando piolhos e passando-as para sua família.

Mas tenha a certeza de que os animais de estimação não conseguem pegar os piolhos e passá-los para as pessoas.

Qual tratamento para piolhos?

O seu médico pode recomendar um shampoo medicado, um enxaguamento com creme ou uma loção para matar os piolhos.

Estes podem ser remédios naturais ou medicamentos prescritos, dependendo de quais tratamentos já foram testados.

Os tratamentos de piolhos medicados geralmente matam os piolhos, mas pode demorar alguns dias para que a infestação pare.

Para piolhos muito resistentes, uma medicação oral (remédio por via oral) pode ser necessária.

Certifique-se de que o remédio é seguro para a idade do seu filho. Enquanto os shampoos sem receita são seguros para crianças de até 2 meses, outros medicamentos só são seguros para crianças de 2 anos ou mais.

É importante seguir as instruções exatas porque esses produtos são inseticidas.

Aplicar em excesso a medicação – ou usá-la com muita frequência – pode aumentar o risco de danos.

Siga as instruções na embalagem do produto.

O tratamento pode não ser bem sucedido se o medicamento não for utilizado corretamente ou se os piolhos forem resistentes a ele.

Após o tratamento, seu médico pode sugerir pentear as lêndeas com um pente fino e também pode recomendar o tratamento repetitivo em 7 a 10 dias para matar as ninhadas recém-colocadas.

 

Como remover piolhos com as mãos?

Se o seu filho tem 2 meses de idade ou mais jovens, você deve não usar tratamentos medicamentosos.

Você precisará remover as lêndeas e os piolhos manualmente.

Para remover piolhos e lêndeas à mão, use um pente de dente fino nos cabelos molhados e condicionados do seu filho a cada 3 a 4 dias durante 3 semanas após o último piolho vivo ter sido visto.

Molhar os cabelos é recomendado porque ele imobiliza temporariamente os piolhos e o condicionador facilita a obtenção de um pente pelos cabelos.

Não há necessidade de comprar pentes eletrônicos que afirmam matar piolhos ou facilitar a remoção de lêndeas.

Não foram feitos estudos que aprovam esses equipamentos.

Você também não precisa comprar soluções especiais de vinagre para aplicar ao couro cabeludo antes de tirar lêndeas. A boa água à moda antiga funciona bem.

Pentear o cabelo molhado também é uma alternativa aos tratamentos de piolhos em crianças mais velhas.

Embora a geleia, a maionese ou o azeite de oliveira sejam às vezes usados na tentativa de sufocar os piolhos, esses tratamentos podem não funcionar.

Se o medicamento não funcionar e quiser experimentar estes métodos, fale com o seu médico primeiro.

Certifique-se de remover os piolhos cuidadosamente todas as semanas durante pelo menos 3 semanas seguidas e observe seu filho de perto para ver se tem algum retorno de piolho vivo.

As crianças têm que ficar em casa quando tem piolho?

No passado, crianças com piolhos foram mantidas longe da escola, mas agora os médicos já não recomendam estas políticas de “não ir à escola”.

Na maioria dos casos, uma criança que tem piolhos deve permanecer na escola até o final do dia, ir para casa e receber tratamento e retornar à escola no dia seguinte.

Enquanto eles estão na escola, as crianças devem evitar contato direto com outras crianças.

Como prevenir piolhos?

Aqui estão algumas maneiras simples de se livrar dos piolhos e seus ovos e ajudar a evitar uma infestação de piolhos:

– Lave todos os lençóis e roupas que tenha sido usado recentemente por qualquer pessoa em sua casa que esteja infestada de pilho e use água muito quente (130 ° F [54,4 ° C]), depois os coloque no sol quente por pelo menos 20 minutos.

– Limpe a seco qualquer coisa que não possa ser lavada (como animais de pelúcia). Ou coloque-os em sacos hermeticamente fechados pelo menos 3 dias.

– Aspire carpetes e qualquer outro estofamento de móveis (na sua casa ou carro), em seguida, jogue fora a bolsa de aspirador.

– Coloque itens de cuidados com o cabelo como pentes, laços de cabelo ou faixas, headbands (faixa de cabeça) e escovas em álcool ou shampoo medicado por 1 hora. Você também pode lavá-los em água quente ou simplesmente jogá-los fora.

– Como os piolhos são facilmente passados de pessoa para pessoa na mesma casa, os companheiros de cama e os membros da família infestados também precisarão de tratamento para evitar que os piolhos voltem.

Tome alguns cuidados na hora de fazer tratamento para piolhos:

– Não use um secador de cabelo no cabelo do seu filho depois de aplicar qualquer um dos tratamentos do couro cabeludos atualmente disponíveis porque alguns contêm ingredientes inflamáveis.

Um secador de cabelo também pode fazer com que os piolhos vivos sopram no ar e se espalhem para outras pessoas próximas.

– Não use um condicionador ou combinação de shampoo / condicionador antes de aplicar medicação para piolhos.

– Não lave o cabelo do seu filho durante 1 a 2 dias após o uso de um medicamento de tratamento para piolhos.

– Não use sprays ou contrate uma empresa de controle de pragas para tentar se livrar dos piolhos, pois esses tratamentos podem ser prejudiciais.

Os piolhos não sobrevivem há muito tempo quando caem de uma pessoa, então você não precisa gastar muito tempo e dinheiro tentando livrar a casa dos piolhos.

– Não use o mesmo medicamento mais de três vezes em uma pessoa. Se não parece estar funcionando, seu médico pode recomendar outro medicamento.

– Não use mais de um medicamento para piolhos de uma vez.

– Não use óleos essenciais (como óleo de ylang ylang ou óleo de chá) para tratar os piolhos no couro cabeludo.

Estes óleos podem levar a reações alérgicas no couro cabeludo e não foram aprovados pela US Food and Drug Administration (FDA). Além disso, não há estudos para mostrar se esses tratamentos realmente funcionam ou não.

– Não use produtos químicos, como gasolina ou querosene no cabelo.

Estes são altamente inflamáveis e nunca devem ser utilizados para tratar piolhos em qualquer pessoa.

 

Dicas para não ter piolhos

Ter piolhos não é sinal de sujidade ou falta de higiene. Os pequenos insetos podem ser um problema para crianças de todas as idades e níveis socioeconômicos, independentemente da frequência com que eles lavem os cabelos ou se banham.

Também não importa o tamanho do cabelo de uma pessoa.

No entanto, essas dicas podem ajudar a impedir que as crianças tenham piolhos.

– Diga às crianças que tentem evitar contato direto na escola (na academia, no campo de jogos ou durante o esporte) ou enquanto joga em casa com outras crianças.

– Diga às crianças que não compartilhem pentes, escovas, chapéus, cachecóis, bandanas, fitas, laços ou bandas de cabelo, toalhas, capacetes ou outros itens de cuidados pessoais com qualquer outra pessoa, mesmo se eles têm piolhos ou não.

– Diga às crianças que não se debruçam sobre a cama, os travesseiros e os tapetes que foram recentemente usados por alguém com piolhos.

– A cada 3 ou 4 dias, examine os membros da sua casa que tenham tido um contato próximo com uma pessoa com piolhos. Em seguida, trate qualquer um que encontre piolhos ou nits (lêndeas) perto do couro cabeludo.

Como saber que esta livre de piolho?

Como muitos pais sabem, a infestação de piolhos pode ser uma batalha, especialmente quando a infestação é em grupo. Não há dúvida de que podem ser difíceis de livrar.

Se você seguiu todas as recomendações e seu filho ainda tem piolhos, pode ser por que:

– Alguns foram deixados para trás.
– Seu filho ainda está sendo exposto a alguém com piolhos.
– O tratamento que você está usando não é eficaz.

Se o seu filho ainda tem piolhos 2 semanas após o início do tratamento ou se o couro cabeludo do seu filho parece estar infectado, fale com o seu médico.

Não importa quanto tempo dura o problema, lembre-se que, ter piolhos certamente pode ser muito embaraçoso, mas qualquer um pode obtê-los.

É importante que as crianças compreendam que não fizeram nada de errado e que ter piolhos não os deixa sujos.

E assegurar-lhes que iram se livrar dos piolhos.

Seja paciente e siga os tratamentos e as dicas de prevenção, conforme indicado pelo seu médico, e você estará bem no caminho para manter sua família livre de piolhos.

ATUALIZADO: 01.03.18

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 4 =