Wall Street: S&P 500 caminha para mais longa série de perdas semanais em um ano

Cinco dos 11 principais índices setoriais do S&P caíam (Imagem: Reuters/Kai Pfaffenbach)
O índice S&P 500 (SPX) recuava nesta sexta-feira, ampliando a mais longa série de perdas em um ano, diante de temores sobre as perspectivas para a economia em um futuro ainda dominado pelo coronavírus, o que pesava sobre o sentimento do investidor.
Cinco dos 11 principais índices setoriais do S&P caíam, com uma queda de 0,7% nas ações de energia deixando o setor a caminho de uma das piores semanas desde as fortes perdas em março provocadas pelo coronavírus.
O setor imobiliário liderava os ganhos entre aqueles que registravam alta.
Uma série de dados macroeconômicos mistos tem pesado sobre Wall Street nas últimas semanas, ofuscando sinais de avanço em discussões sobre outro pacote de estímulo do Congresso, que, segundo analistas, é necessário para sustentar a recuperação econômica.
“Há evidências de desaceleração nos Estados Unidos, o que achamos ser temporário, mas que seria intensificada sem um pacote fiscal adicional”, disse Sebastien Galy, estrategista sênior da Nordea Asset Management.

O S&P 500 está a caminho de sua quarta queda semanal consecutiva –mais longa série de perdas desde agosto de 2019– e permanecia pouco acima do território de correção.
Às 11:56 (horário de Brasília), o índice Dow Jones (DJI) tinha estabilidade, enquanto o S&P 500 perdia 0,290459%, a 3.237 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq (US100) avançava 0,61%, a 10.737 pontos.

 

Fonte: MoneyTimes