Evans, do Fed, espera inflação de 2% até 2023, mas sem aumento de juros

Evans considerou que levar a inflação ao patamar desejado requer um lento e duro trabalho (Imagem: REUTERS/Edgard Garrido)
O presidente do Federal Reserve (Fed) de Chicago, Charles Evans, disse nesta quarta-feira não esperar que o banco central dos Estados Unidos aumente os juros até pelo menos 2023, embora projete que a inflação alcance a meta de 2% até lá.
Evans considerou que levar a inflação ao patamar desejado requer um lento e duro trabalho.
“Espero um ‘overshoot’ (inflação acima da meta) nos próximos anos, mas assumindo contínua acomodação (monetária) e também uma melhor política fiscal”, disse a repórteres em videochamada.
Os fatores mais importantes para a recuperação nos próximos seis a 18 meses, afirmou, são um maior apoio fiscal e melhor controle da pandemia de Covid-19.

 

Fonte: MoneyTimes