Alerj decide sobre processo de impeachment de Witzel. Acompanhe ao vivo

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) abriu, nesta quarta-feira (23/9), a sessão que decidirá sobre o processo de impeachment contra Wilson Witzel (PSC), governador afastado do Rio. Ele é suspeito de participar de um esquema de corrupção na área da Saúde.A votação poderá se estender por mais de um dia, porque cada um dos 25 partidos terá uma hora para se manifestar, assim como a defesa do político fluminense.Mais sobre o assuntoPolíticaWitzel nega “rachadinha da saúde” e diz que voltará a governar o RioGovernador afastado é apontado pela PGR como o líder de organização criminosa que montou esquema de desvio de recursos de prefeiturasBrasilPGR afirma que Wilson Witzel criou “rachadinha da saúde” no Rio de JaneiroDenúncia do Ministério Público Federal aponta cobrança de 10% sobre repasses do Fundo Estadual da Saúde a sete prefeiturasBrasilComissão aprova parecer que pede continuidade do impeachment de WitzelA votação atingiu a maioria, 13 dos 24 votantes, e o parecer do relator da comissão processante foi aprovadoPolíticaWitzel e Crivella têm dia decisivo no Rio sobre processos de impeachmentGovernador afastado foi denunciado pelo Ministério Público Federal por lavagem de dinheiro. Prefeito é suspeito em esquema de corrupçãoO prosseguimento do processo de impeachment depende de 47 votos para ser aprovado. Ou seja, dois terços do total dos 70 deputados.Acompanhe ao vivo:Se o impeachment for aprovado pelo plenário da Casa, o caso segue para um tribunal misto formado por cinco deputados e cinco desembargadores do Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ). Com isso, o tribunal terá até 120 dias para concluir se houve crime de responsabilidade.Em caso positivo, Witzel seria afastado do cargo. Ele já está fora preventivamente por outra decisão, do ministro Benedito Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). A sentença ainda foi confirmada pela Corte Especial do STJ.O ministro diz que o Ministério Público Federal (MPF) descobriu uma “sofisticada organização criminosa, composta por pelo menos três grupos de poder, encabeçada pelo governador Wilson Witzel”.

Fonte: Metropoles