Agente de portaria de UBS no DF morre, aos 59 anos vítima de Covid-19

Uma servidora da Secretaria de Saúde do DF, de 59 anos, faleceu por complicações em decorrência da Covid-19. Alcirene Aires de Moura atuava na área administrativa da Unidade Básica de Saúde (UBS) de Ceilândia, como agente de portaria e estava próxima de se aposentar.A servidora contraiu o novo coronavírus e chegou a ficar internada no Hospital Regional de Ceilândia (HRC). Devido à evolução na gravidade do quadro, Alcirene precisou dar entrada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e acabou sendo transferida para o Unidade de Pronto  Atendimento (UPA) de Sobradinho.No último domingo, a servidora faleceu. Em nota, a Secretaria de Saúde lamentou a morte de Alcirene, que foi funcionária da pasta por 19 anos. “A Secretaria de Saúde solidariza-se com os colegas e familiares pela perda irreparável”, diz o documento.Amigos e colegas de trabalho descrevem a vítima como “muito esforçada e sempre dedicada ao serviço”. Em homenagem a ela, uma faixa foi colocada em frente da UBS 7 de Ceilândia, lembrando a falta que ela fará a todos que a conheciam.faixaDivulgação/SES-DFalcireneArquivo PessoalLimpeza Catedral Coronavirus 3Hugo Barreto/Metrópoles0Pandemia no DFO Distrito Federal atingiu, nessa segunda-feira (21/9), a triste marca de 3.097 mortos pelo novo coronavírus. O número de infectados saltou para 184.555 pessoas – foram registrados 806 novos casos em 24 horas.Os números constam no boletim epidemiológico mais recente divulgado pela Secretaria de Saúde do DF. Quase 173 mil brasilienses que contraíram o vírus estão curados: a taxa de recuperação é de 93,7%.Do total de mortes, 2.842 ocorreram entre moradores do DF. Os outros óbitos correspondem a moradores de Goiás (239 vítimas) e de outras unidades da Federação (16) que estavam internados na capital do país.Conforme a Secretaria de Saúde, foram 35 mortes registradas apenas nessa segunda. Vinte e seis óbitos ocorreram entre pacientes com idades acima de 60 anos. Dos falecimentos, 18 foram de mulheres e 17 eram pacientes do sexo masculino.Entre as vítimas mais recentes da Covid-19 na capital do país, está um adolescente com idade entre 12 e 19 anos. A Saúde não divulgou informações detalhadas dessa morte.

Fonte: Metropoles