Lagoa dos Pássaros é transformada em espaço de lazer no Stiep

Do apartamento onde vivem os moradores do Stiep conseguem ouvir o canto dos passarinhos, mas essa era a única alegria que elem tinham quando olhavam pela janela e viam a Lagoa dos Pássaros. Abandonada, a região estava precisando de reforma há muito tempo, por isso, as intervenções feitas pela prefeitura no espaço foram comemoradas.   O município requalificou 2.638,54 m² de área. Foram reformados ou instalados deques, praças, espaço para contemplação e trilha, além de pista de concreto, área para capoeira, lagoa, parque infantil, academia e administração. Nesta sexta-feira (18), o prefeito ACM Neto esteve no local para fazer a entrega oficial do Parque Lagoa dos Pássaros e disse que sua gestão sempre esteve comprometida com a preservação do meio ambiente.

“Compromisso da nossa gestão com meio ambiente, patrimônio ambiental, a preservação… Não só a preservação, mas a multiplicação das áreas verdes da nossa cidade. Salvador é a capital da Mata Atlântica. Hoje temos uma séria e consistente política ambiental, que não exisitia há 8 anos. Foi uma das primeiras cidades do Brasil a criar uma secretaria de Sustentabilidade e a ter uma política toda voltada a transformar a cidade em exemplo na política ambiental”, afirmou, destacando que um plano de mitigação e adaptação às mudanças climáticas está sendo elaborado.

 

O investimento na requalificação foi de quase R$ 832 mil, e resultou também em um espaço para piquenique próximo à lagoa, pier, para-ciclos e estacionamento, que pode ser acessado pela rua Arthur de Azevedo. Além disso, o projeto recuperou uma antiga edificação na área que pertencia ao município e que foi transformando em um espaço de atividades ligadas à educação ambiental.
A revitalização da Lagoa dos Pássaros era uma reivindicação antiga dos moradores e o objetivo era conservar a área verde, e usar o local para educação ambiental e para o lazer da região.
O Parque Lagoa dos Pássaros está inserido no Plano de Desenvolvimento Urbano de Salvador (PDDU) e representa um importante espaço para contemplação para moradores e habitat de animais.

Fonte: Correio24horas