Emissão de títulos verdes coloca Eletrobras na vanguarda do setor elétrico

A habilitação para emitir green bonds traz uma vantagem competitiva para a Eletrobras, avaliou a Guide Investimentos (Imagem: Marcello Casal jr/Agência Brasil)
A Eletrobras (ELET3;ELET5;ELET6) informou, em comunicado divulgado ao mercado na noite desta quinta-feira (17), que foi habilitada a emitir green bonds (títulos verdes) para projetos de geração eólica e solar.
A Guide Investimentos classificou a notícia como positiva e disse que a habilitação traz uma vantagem competitiva para a Eletrobras.
“Seguindo uma tendência global de maior inclinação das companhias para questões de sustentabilidade, a Eletrobras consegue autorização para emitir títulos verdes, o que é algo pioneiro dentro do setor de eletricidade e gás nos mercados emergentes”, comentou a corretora.
O documento é emitido com base na metodologia de avaliação exclusiva sobre os aspectos Ambiental, Social e de Governança (ASG) da auditoria internacional Vigeo Eiris, além da versão mais recente das diretrizes voluntárias dos Princípios de Títulos Verdes (GBP) da International Capital Market Association.
A Eletrobras informou que ficou em primeiro lugar entre as empresas do setor de eletricidade e gás nos mercados emergentes. Englobando todas as empresas avaliadas pela auditoria, a companhia ficou na 34ª posição.

Risco
A Moody’s recentemente elevou a nota de risco da Eletrobras, que passou de empresa Ba3 para Ba2.
A agência de classificação de risco também aumentou a avaliação de crédito básica da empresa (BCA) de “b1” para “Ba3”. A perspectiva para todos os ratings foi alterada de positiva para estável.
De acordo com a Moody’s, a atualização reflete a melhoria do perfil de crédito da empresa, que colocou em prática as iniciativas de redução de custos e reestruturação de negócios implementadas desde 2016.

 

Fonte: MoneyTimes