Nove dicas de Feng Shui para melhorar sua produtividade no home office

O seu rendimento no trabalho caiu desde que o home office começou? Se sim, técnicas de Feng Shui podem te ajudar a resolver o problema. A prática milenar chinesa tem o objetivo de harmonizar ambientes, equilibrando a energia da casa para que ela exerça a melhor influência nos moradores.Por meio da prática, é possível aumentar o desempenho, melhorar o humor, criar ligações efetivas com colegas, mesmo que a distância, e, de quebra, proteger-se de energias negativas.Mais sobre o assuntoBem-EstarComo utilizar óleos essenciais para aumentar a produtividade no home officeAromaterapeuta afirma que a concentração aumenta com o uso dessas substâncias naturais, retiradas diretamente das plantas Claudia MeirelesHome office: como não perder a produtividade e o focoConfira lista com cinco dicas compartilhadas pela influencer Lari DuarteSaúdeVeja por que dormir pouco detona a saúde e a produtividadeSonolência e queda na disposição são sintomas da falta de uma boa noite de sono. O cansaço também eleva a pressão e baixa a imunidadeVitrine MHome office confortável: 12 peças de roupa para não fazer feio nas reuniõesTrabalhar de casa abre a possibilidade de usar roupas mais confortáveis, mas, nem por isso, é recomendável usar pijama durante o expedientePrimeiramente, antes de começar a trabalhar, você deve afastar todo pensamento negativo da sua cabeça. Logo pela manhã, pratique algum exercício, medite, faça um agradecimento ou apenas observe o céu por alguns minutos.Depois, encontre o melhor lugar para fazer um cantinho produtivo. Se você já tem um, mas não anda rendendo como o desejado, talvez ele não seja tão bom assim. “Você pode necessitar de um ambiente que ofereça mais ou menos tranquilidade, mais ou menos conforto. Planeje com cuidado e defina quais serão suas necessidades antes de resolver que tipo de móveis irá utilizar. Tudo vai depender das suas necessidades de trabalho, do espaço disponível”, explica o CEO da plataforma Organize sua Vida, José Luiz Cunha.Para saber mais sobre o assunto, acesse o site Alto Astral, parceiro do Metrópoles.

Fonte: Metropoles