Arquivos

Categorias

  • Nenhuma categoria

Spotify ataca Apple One e acusa concorrente de práticas desleais

A Apple anunciou nesta -feira (15) o pacote Apple One, que reúne vários de seus serviços em uma só assinatura, incluindo o Music, o TV+, o Arcade e espaço no iCloud. Quem não ficou satisfeito com esse anúncio foi o Spotify, que há muito tempo acusa a companhia de abusar de sua posição no mercado para alavancar seus próprios serviços, o que julga ser uma prática desleal e anticompetitiva.Veja também: Apple Watch será vendido sem carregador; iPhone pode ser o próximoAgora é oficial: Apple One reúne serviços da empresa em uma assinaturaApple apresenta nova geração do Watch e novo modelo mais baratoApple anuncia novos iPadsMicrosoft se revolta com nova política da Apple para jogos em nuvem no iPhone

“Mais uma vez, a Apple está usando sua posição dominante e práticas injustas para desfalcar competidores e prejudicar consumidores ao favorecer seus próprios serviços. Alertamos às autoridades regulatórias para agir urgentemente para restringir o comportamento anticompetitivo da Apple, que, se não for contido, causará dano irreparável à comunidade de desenvolvedores e ameaçar nossas liberdades coletivas de ouvir, aprender, criar e conectar”, diz o comunicado.

A Apple, por sua vez, se defende afirmando que não limita nem impede a descoberta de nenhum aplicativo concorrente e que a divulgação do Apple One não configura concorrência desleal.”Consumidores podem descobrir e aproveitar alternativas a cada um dos serviços da Apple. Estamos introduzindo o Apple One porque é um bom valor para os consumidores e um jeito simples de acessar todo a variedade de serviços de assinatura da Apple. Recomendaremos o plano Apple One que economizará mais dinheiro para o usuário com base nas assinaturas que ele já tem”, diz o comunicado da empresa, que ainda afirma que alguns itens do pacote podem ser usados em outros dispositivos que não sejam da Apple e que a assinatura pode ser cancelada a qualquer momento.A richa do Spotify com a Apple já vem de longa data. A empresa critica políticas da App Store que, por exemplo, cobra entre 15% e 30% dos pagamentos e assinaturas de serviços em apps baixados na loja. Assim, se um usuário quiser assinar o Spotify pelo aplicativo, 30% do dinheiro será destinado à Apple, mas se alguém tentar assinar o Apple Music, 100% do valor irá para os cofres da companhia, sem intermediários, o que configuraria abuso de poder na plataforma na visão da empresa sueca, que decidiu não permitir assinaturas pelo app desde 2016. Quando o Spotify tentou incluir um sistema de pagamento próprio que driblava esse problema, a Apple não liberou a atualização. Não à toa, quando a Epic Games decidiu travar uma guerra contra a Apple por “Fortnite”, o Spotify rapidamente tomou um lado na disputa.https://olhardigital.com.br/noticia/agora-e-oficial-apple-one-reune-servicos-da-empresa-em-uma-assinatura/107023

 

Fonte: OlharDigital