Arquivos

Categorias

  • Nenhuma categoria

Hapvida começa a ficar sem espaço para aquisições no Nordeste, diz Ágora

De acordo com o documento, a recomendação do CADE foi baseada em uma concentração das atividades da Hapvida nos mercados de seguro saúde médico e hospitalar em 72 cidades das 130 do Norte e Nordeste (Imagem: YouTube/Hapvida Saúde)
A Hapvida (HAPV3) está começando a ficar com espaço limitado para aquisições no Nordeste, de acordo com a avaliação da Ágora.
A análise veio após um notícia publicada pelo CADE ontem (15), recomendando que a companhia desistisse da aquisição dos ativos da Plamed, operadora de planos de saúde de Sergipe.
A Plamed conta com aproximadamente 31 mil beneficiários de planos de saúde localizados em maior parte na região de Aracaju e municípios vizinhos. A aquisição proposta consiste na compra apenas da base de beneficiários da Plamed, alguns ativos imobiliários e equipamentos, mas não inclui a estrutura vertical da companhia.
De acordo com o documento, a recomendação do CADE foi baseada em uma concentração das atividades da Hapvida nos mercados de seguro saúde médico e hospitalar em 72 cidades das 130 do Norte e Nordeste.
Na visão dos analistas Fred Mendes e Flávia Meireles, apesar de ser uma aquisição pequena, o CADE começa a dar sinais de que a Hapvida pode enfrentar dificuldades para se expandir em algumas regiões.
“No entanto, isso não deve significar dificuldades em outras regiões além do Norte e Nordeste, já que a Hapvida ainda trabalha em muitos mercados muito fragmentados (a Hapvida tem apenas cerca de 8% do mercado total do beneficiários)”, completaram os analistas no relatório.

 

Fonte: MoneyTimes