Arquivos

Categorias

  • Nenhuma categoria

UBS negocia fusão com Credit Suisse, diz blog Inside Paradeplatz

(Bloomberg) — Os presidentes dos conselhos do UBS e do Credit Suisse avaliam uma possível fusão para criar um dos maiores bancos da Europa, informou o blog Inside Paradeplatz, que citou pessoas não identificadas das duas instituições.O projeto, chamado de Signal, é conduzido pelo presidente do conselho do UBS, Axel Weber, que trabalha com seu homólogo no Credit Suisse, Urs Rohner, disse o blog. Weber discutiu a ideia com o ministro das Finanças da Suíça, Ueli Maurer, e um acordo pode acontecer no início do próximo ano, segundo a reportagem.Porta-vozes dos dois bancos não quiseram comentar.PUBLICIDADEgoogletag.cmd.push(function() { googletag.display( decodeURIComponent( ‘RETANGULO_AF’ ) ); });O setor bancário da Europa está sob pressão para se consolidar à medida que a pandemia de coronavírus aumenta os desafios das taxas de juros negativas. Os espanhóis CaixaBank e Bankia estudam uma fusão para formar o maior banco do país e iniciar a consolidação.Embora um acordo entre os dois bancos suíços permita a eliminação da sobreposição, a execução de tal transação pode ser difícil, disse Andreas Venditti, analista da Vontobel.“A regulamentação seria o maior obstáculo, em minha opinião”, porque os requisitos são mais rígidos quanto maior for uma instituição, disse Venditti, acrescentando que não acredita que um acordo seja provável.O UBS está no meio de mudanças no comando: o ex-diretor-presidente do ING Groep, Ralph Hamers, assume o cargo do CEO Sergio Ermotti em novembro. Weber permaneceria como presidente do conselho da empresa combinada, sendo provável que o CEO seja do Credit Suisse, de acordo com a reportagem.Uma fusão poderia resultar em cortes de empregos entre 10% e 20% da força de trabalho, o equivalente a 15 mil ou mais em todo o mundo, de acordo com a reportagem. A agência reguladora do setor bancário Finma foi informada das deliberações, segundo o Inside Paradeplatz.

Fonte: InfoMoney