Arquivos

Categorias

  • Nenhuma categoria

Religioso da Ucrânia que culpou homossexuais por pandemia está com Covid-19

Na sexta-feira (4/9), a Igreja Ortodoxa da Ucrânia anunciou que seu líder, o patriarca Filaret, está com Covid-19. Uma de suas falas ganhou destaque em março, quando Filaret afirmou que a pandemia é uma “punição pelos pecados dos homens e pela humanidade pecaminosa”.Em entrevista a uma TV ucraniana, o religioso avaliou o homossexualismo como principal causa da pandemia. “Primeiro de tudo, eu menciono o casamento entre pessoas do mesmo sexo” frisou o patriarca.As informações são do G1.Em nota, a igreja disse que o patriarca tem estado de saúde satisfatório e pediu orações ao líder religioso. Ele também está recebendo tratamento hospitalar.O país registra mais de 143 mil casos e contabiliza aproximadamente 3 mil mortes.Mais sobre o assuntoMundoGays só existem porque grávidas fizeram sexo anal, diz líder religiosoUm bispo defendeu que quando as grávidas sentem esse desejo, a homossexualidade passa para o fetoClaudia MeirelesLíderes religiosos usam a criatividade em ações evangelizadorasCom o fechamento de igrejas, personalidades cristãs convidam virtualmente os fiéis a colocarem em intenção o fim da Covid-19O grupo Insight, ativista por direitos da população LGBT na Ucrânia, entrou com processo contra o patriarca. Em resposta, a instituição alegou que ele tem “liberdade para expressar suas visões”.A Ucrânia está entre os países considerados menos seguros para a população LGBT na Europa. A maioria dos países que integram a União Europeia reconhece ao menos algum tipo de união civil para homossexuais, como o casamento.

Fonte: Metropoles